Hotur Consultants

A Queda da Publicidade e a Ascensão das Relações Públicas

Maio 1st, 2015
9789724618357

 

O livro A Queda da Publicidade e a Ascensão das Relações Públicas explica o papel complementar que as RP e a Publicidade têm na comunicação. Demonstrando a real função da publicidade, esta obra demonstra que as RP são fundamentais na criação da marca dando-lhe credibilidade.

Autor: Al Ries e Laura Ries

Editora: Casa das Letras

Índice:

Introdução
Parte um – A queda da publicidade
Parte dois – A ascensão das relações públicas
Parte três – Um papel novo para publicidade
Parte quarto – As diferenças entre a publicidade e as RP
Parte cinco – Postscripts

Resumo do Livro:

A publicidade perdeu a credibilidade e percebeu-se que as Relações Públicas (RP) têm um papel cada vez mais importante na comunicação das organizações. Se quer lançar uma marca, antes de pensar no publicidade que vai fazer e qual o seu orçamento, deve antes definir uma estratégia para as acções de RP. Mas acima de tudo, o produto deve transparecer a ideia de novo, diferente e original para que exista comunicação positiva por parte dos consumidores.

Só após ter o trabalho feito pelas RP de criarem a marca, dando-lhe credibilidade, é que deve entrar a publicidade a defende-la. A publicidade deve reforçar a posição da marca e recorda-la.

A publicidade, com uma comunicação unilateral, é extremamente cara, além de ter dificuldade em influenciar o público. Neste momento, a publicidade para chamar atenção tem que ser de grande qualidade, pelo que esta se tornou numa forma de arte. Frequentemente, as agências de publicidade estão mais interessadas em ganhar prémios do que em dar notoriedade a uma marca ou produto.

Evidentemente que as acções de RP também têm desvantagens, como não se poder controlar conteúdos, não poder controlar a oportunidade e não estarmos seguros de que a nossa mensagem está a ser divulgada. Mas as desvantagens da publicidade são superiores às das RP pois a publicidade é a voz do vendedor e não confiamos nos vendedores.

Assim sendo, nós acreditamos nas pessoas que conhecemos, sendo então o passa-palavra uma fonte de influência de comportamentos. Muitas vezes, as marcas recorrem a personalidades com o objectivo de ter uma validação externa da marca ou produto.

Relações Públicas e Publicidade são duas áreas que se complementam e ambas têm que aceitar que têm funções e objectivos diferentes.

Frases Chave:

“Não pode lançar-se uma nova marca com publicidade porque a publicidade não tem credibilidade.”

“As RP têm credibilidade. A publicidade não tem.”

“As RP criam as percepções positivas que uma campanha de publicidade, se bem dirigida, pode explorar.”

“ A publicidade é a continuação das RP através de outros meios e deve ser iniciada apenas depois de o programa de RP ter serguido o seu curso.”

“As RP criam a marca. A publicidade defende-a.”

“As RP fornecem as credenciais que criam credibilidade para a publicidade.”

“Nunca faça publicidade antes que todas as potencialidades das RP estejam exploradas.”

“O marketing entrou na era das relações públicas.”

“Em geral, a publicidade é algo que treinámos a evitar.”

“A publicidade é uma arte. Não tem relação com as vendas.”

“A publicidade é a voz do vendedor.”

“A marca é a percepção gravada na mente do potencial consumidor.”

“O anúncio não pode ser um argumento. É apenas um recordatório.”

“Nada no marketing pode ter êxito se o nome não estiver correcto.”

“Liderança tem credibilidade. Liderança também tem implícita a vantagem de “ser melhor”.”

“Publicidade e relações públicas podem viver juntas e felizes para sempre, mas apenas se cada uma das disciplinas aceitar o seu papel legítimo na família do marketing.”

“Com as RP, desistimos do luxo de alcançar toda a gente em favor de atingir aqueles que contam.”

“A produção existe para apoiar o marketing.”

________________________________________________________________

Se gostou do artigo, Partilhe!

Consulte os serviços da Hotur Consultants.

 

PartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

0 Comments

Deixe uma resposta